O Centro de Estudos Ambientais do Cerrado (GEC) é uma unidade do IBGE que está funcionalmente ligada à Diretoria de Geociências do IBGE (DGC) e administrativamente subordinada à Unidade Estadual do IBGE no Distrito Federal (UE/DF).

A GEC compreende a Gerência de Geodésia e Cartografia no Distrito Federal (GGC/DF), a Gerência de Recursos Naturais no Distrito Federal (GRN/DF), e as supervisões ligadas ao plano de manejo da Reserva Ecológica do IBGE (RECOR) e ao apoio operacional da unidade e seus respectivos conselhos de assessoramento técnico e científico e de apoio operacional (Figura 1).

A GGC/DF é composta por três supervisões (Supervisão de Projetos, Supervisão de Campo e Administrativa e Supervisão de Tratamento de Dados) que desenvolvem o Programa de Trabalho Anual das Coordenações de Geodésia (CGED) e de Cartografia (CCAR) da DGC, localizadas no Rio de Janeiro.

A GRN/DF é composta por três supervisões (Supervisão de Estudos Ambientais, Supervisão de Curadoria das Coleções Científicas e Supervisão de Informatização das Coleções Científicas) que desenvolvem o Programa de Trabalho Anual da Coordenação de Recursos Naturais e Estudos Ambientais (CREN), localizada no Rio de janeiro.

O Plano de Manejo da Reserva Ecológica do IBGE tem sua gerência exercida diretamente pela GEC e está estruturado em duas linhas de ação: gestão ambiental e gestão da informação. Essas ações são discutidas no âmbito do Conselho Técnico e Científico da RECOR (criado pela Norma de Serviço N0. 023/99 e reempossado pelo Memorando N°. 19/2005) e implementadas por seis supervisões. A linha de gestão ambiental agrega as ações de manejo e controle ambiental implementadas pela Supervisão de Apoio Operacional do Plano de Manejo e Gestão da RECOR. Esta linha de ação inclui ainda a participação do IBGE em diversos conselhos de meio ambiente nas esferas federal e distrital. A gestão da informação fica a cargo de quatro supervisões: Supervisão da Estação Meteorológica, Supervisão da Exposição Permanente do Acervo da GEC, Supervisão do Sistema de Informações Geográficas e Supervisão de Gestão da Pesquisa Científica na RECOR, que inclui as bases de dados e o acervo bibliográfico da Biblioteca Especializada em Ecologia do Bioma Cerrado. Essas quatro supervisões atuam na organização e disseminação das informações produzidas pela equipe da GEC, em parceria com outras unidades de Geociências do IBGE e com outras instituições de pesquisas que atuam na área da RECOR, e que ao longo de 35 anos contribuíram para que essa unidade ocupasse posição de destaque nos cenários nacional e internacional por integrar um grupo seleto de estações de pesquisas científicas que se tornaram referência na produção de informações geoambientais em suas respectivas regiões.

A GEC é formada ainda por quatro supervisões que compõem seu Apoio Operacional (Supervisão de Administração, Supervisão do Restaurante, Supervisão de Controle Patrimonial – que inclui a guarda da GEC e da Reserva Ecológica do IBGE – e Supervisão de Manutenção Patrimonial, com oficinas e pessoal de manutenção predial). As ações desenvolvidas por essas supervisões são fundamentais para o pleno funcionamento da unidade e para o desenvolvimento das pesquisas geocientíficas na área. O Conselho de Apoio Operacional, composto pelos supervisores e presidido pela Gerência da GEC, discute as prioridades de ações em consonância com as diretrizes operacionais do IBGE.

Cumpre destacar ainda que as Supervisões de Controle e de Manutenção Patrimonial também dão suporte às atividades desenvolvidas por outras estrutura organizacionais do Distrito Federal e, sempre que necessário, de outras unidades da federação. Esse suporte concentra‐se, sobretudo, na guarda do patrimônio destinado aos leilões do IBGE no Distrito Federal, na manutenção e confecção de bens móveis, manutenção de veículos e prédios, além do transporte de bens móveis entre unidades do IBGE em todo o Brasil. Em épocas de Censo Demográfico e Censo Agropecuário, as gerências e supervisões da GEC prestam também o apoio necessário à Diretoria de Pesquisas com o aporte de pessoal para a realização de etapas importantes daquelas pesquisas.

Organograma apresentando a nova estrutura organizacional da GEC, com suas gerências e supervisões, seus respectivos gestores e os conselhos de assessoramento técnicocientífico e operacional.